Apresentação

O título deste ciclo de palestras toma por empréstimo uma provocação feita pelo diretor teatral Zé Celso Martinez Correa em plena ditadura militar: “É desse material que é feito o país: plumas e recalques”. Partindo desta frase-estopim, Plumas e recalques: a (contra)cultura brasileira 60/70 pretende ampliar a discussão acerca da importância da arte e da cultura brasileiras dos anos 60/70 e refletir acerca do contexto artístico-cultural do Brasil contemporâneo.
Durante uma semana, discutiremos a importância, as influências e as reverberações das manifestações artísticas daquelas décadas – período do Tropicalismo, da experimentação na vida e na arte, do movimento contracultural e da postura corporal do desbunde.
Abrindo os debates, a frenética Lidoka fala sobre a revolução de costumes que viveu. Por sua vez, Luiz Carlos Maciel expõe a relação com o próprio corpo e a descoberta de outros estados de consciência como enfrentamento da repressão. Na sequência, Ana Cristina Chiara examina a participação de Angela Melim e Ana Cristina César no grupo de poetas da década de 70 que foi rotulado de “Poesia marginal”. Frederico Coelho trata do “experimental” como um dos eixos da prática contracultural nas artes plásticas daqueles decênios. Luiz Carlos Lacerda (Bigode) comenta o “Cinema novo” e os dissidentes que propuseram uma nova linguagem cinematográfica e política. Rosa Dias aborda a filosofia nos anos 60/70 e suas implicações entre exílios e resistências. Com ênfase nas manifestações teatrais, Victor Hugo Adler propõe uma discussão do fenômeno do contrabando de mensagens icônicas ou verbais durante o regime militar. E Rodrigo Faour encerra o ciclo mostrando como a música brasileira filtrou bem as mudanças comportamentais ocorridas no mundo entre os anos 60 e 70.
Com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, temos o prazer de oferecer um evento que dá a oportunidade ao público de entrar em contato com alguns dos pensadores que estão promovendo reflexões instigantes sobre a cultura brasileira.

Organização e Coordenação Geral:
André Masseno e Tiago Barros

80 vagas. Sujeito à lotação.
Senhas distribuídas a partir das 17h para as duas palestras do dia.

Mais informações:
plumaserecalques@gmail.com

CAIXA Cultural Rio de Janeiro
05 a 08 de novembro de 2013
Av. Almirante Barroso, 25 – Centro
(próximo ao metrô Carioca)
Telefone: (21) 2544-4080